MINI Living na House Vision

A quarta interpretação do conceito MINI Living Urban Cabin apresentado na exposição de arquitetura China House Vision é inspirada pela arquitetura tradicional de Pequim e desenvolve ideias inovadoras para uma qualidade de vida máxima com um espaço mínimo.

MINI Living na House Vision
MINI Living na House Vision
A MINI apresenta o conceito mais recente do MINI Living Urban Cabin na exposição interdisciplinar de arquitetura China House Vision que decorrerá em Pequim entre 21 de setembro e 4 de novembro de 2018. Este conceito de microapartamento foi desenvolvido em cooperação com o arquiteto local Dayong Sun.
MINI Living House Vision
MINI Living House Vision

O Urban Cabin de Pequim é a quarta interpretação do conceito desenvolvido pelo MINI LIVING no ano passado. O Urban Cabin proporciona um espaço residencial temporário com um elevado grau de flexibilidade e uma imensidão de possibilidades - numa área de apenas 15 m2. 

Um dos elementos especiais do design é a identidade local e a cultura específica do local, em cada caso. Depois de marcar presença em Londres, Nova Iorque e Los Angeles, a fonte de inspiração mais recente é Pequim.

O tema central do projeto é explorar a forma como o espaço pode ser utilizado de uma maneira inovadora para criar um novo sentido de comunidade e uma qualidade de vida máxima numa área de superfície mínima. Para isso, o MINI LIVING Urban Cabin de Pequim reinterpreta as formas tradicionais da arquitetura urbana da China, estimulando assim o diálogo com a vida em comunidade na cidade.

O projeto MINI Living foi lançado em 2016 e tem-se dedicado a desenvolver novos conceitos residenciais para conurbações urbanas em todo o mundo. O projeto considera os desenvolvimentos nas grandes cidades, como a escassez de espaço e o aumento de preços, assim como o desejo de flexibilidade, identidade local e interação comunitária. Para poder responder a estes desafios, o projeto assume o princípio da "utilização criativa do espaço", seguindo o exemplo do MINI clássico na área do design automóvel, e aplica-o ao contexto residencial

MINI Living House Vision
MINI Living House Vision

MINI Living Urban Cabin em Pequim: formato visionário com raízes históricas.

Cada projeto MINI Living Urban Cabin é composto por três elementos formais. As áreas de estar e de dormir, num lado do microapartamento, e a cozinha e casa de banho, no outro lado, são desenhadas pela equipa de design do MINI Living. A terceira secção é definida pela MINI como um espaço experimental, com um caráter de instalação, sendo convidado um atelier de arquitetura local para cada apartamento para preencher este espaço. O tema selecionado deve estar sempre relacionado com a localização específica. Em Pequim, este espaço experimental foi desenvolvido em colaboração com o arquiteto local Dayong Sun. Este criou uma área aberta de encontro, como homenagem aos pátios das tradicionais hutongs. Por cima deste espaço interativo estão montados espelhos dourados telescópicos que refletem o ambiente imediato mas também um contexto urbano mais amplo. Um baloiço no centro do espaço constitui uma reviravolta divertida na perspetiva do observador. As zonas de arrumação e de estar estão dispostas em redor do apartamento e apresentam formas geométricas que relembram os tradicionais puzzles chineses Tangram, funcionando também como elementos apelativos para a contemplação.

O design de Dayong Sun foi inspirado pelas hutongs, comuns nos bairros mais tradicionais de Pequim. Sendo representativas da história arquitetónica da cidade, estas residências são constituídas por casas com pátios e passagens que são particularmente apreciadas pela sua combinação de espaços particulares e áreas residenciais comuns. Este tipo de habitação tem vindo a desaparecer gradualmente da paisagem urbana como consequência das alterações demográficas. O projeto MINI LIVING Urban Cabin de Pequim relembra o princípio subjacente das hutongs e, em simultâneo, traduz este conceito para a época moderna. 

MINI Living House Vision
MINI Living House Vision

Rede global de soluções residenciais criativas. 

O MINI Living está empenhado em promover estímulos para o futuro, para um estilo de arquitetura residencial focada no ser humano e na sua necessidade de individualidade, flexibilidade e comunidade. "Cada MINI Living Urban Cabin deve proporcionar uma qualidade de vida máxima dentro de um espaço muito limitado e num contexto situacional específico" explica Oke Hauser, Diretor Criativo do MINI Living. "O resultado é uma rede global de soluções residenciais criativas onde as pessoas de todo o mundo se sentem em casa mas que, ao mesmo tempo, proporcionam um espaço público para formas inovadoras de coabitação."

Com o seu formato básico individual e a sua constituição, as diversas interpretações do conceito MINI Living Urban Cabin demonstram as possibilidades criativas oferecidas pelos microapartamentos. Isto permitiu-lhes atingir uma posição de liderança no primeiro projeto de coabitação na China, que deverá ser inaugurado em Xangai em 2019. Neste projeto, a MINI está a colaborar com a NOVA Property Investment Co., uma empresa de projetos chinesa, para converter um complexo industrial abandonado no distrito de Jing'An numa estrutura multidimensional composta por apartamentos e espaços de trabalho, assim como instalações culturais e de lazer. Além da utilização criativa do espaço, o conceito oferece aos residentes a máxima flexibilidade, com unidades residenciais de diversas dimensões, e uma animada vizinhança urbana. Esta combinação criativa de privacidade pessoal e oportunidades de interação comunitária é complementada por uma gama alargada de serviços digitais que podem ser reservados, estabelecendo assim um novo nível de qualidade de vida no ambiente urbano de uma cidade moderna. 

Voltar